segunda-feira, 13 de agosto de 2007

Os pombos

Outro dia ali na praça do Cavalo Babão, vi uns vinte pombos comendo milho, que uma velhinha, bem intencionada, jogou na praça. Os bichos sabiam que na hora que a velhinha aparece, é a hora da merenda. Se é certo ou não alimentar esses bichos vai da opinião de cada um, eu acho errado. Descendo pelo Largo da Ordem um casal de pombos me chamou atenção, eles não comiam milho, pipoca ou farelo de pão, estavam comendo um pedaço de carne.

Estranho não é!? Mais que isso, é preocupante, ainda lembro de que quando eu era criança, corria na tentativa de pegar um pombo, sempre sem sucesso. Eles sempre fugiam. Teve também uma vez que um pombo bateu no vidro da janela no trabalho e se esborrachou treze andares abaixo. Essas atitudes pombísticas me deixam desconfiado. E se eles estiverem bolando alguma coisa!?

Se antigamente, quando eles só comiam milho e migalhas, os pombos já nos assustavam com suas rajadas de... hmm... de cocô sobre nossas cabeças, ou no capô do carro ou naquela camisa bacana, imagine agora que comem carne. O perigo se aproxima, a próxima geração de pombos assassinos pode e serão uma ameaça. Já pensou o sujeito com a família numa churrascaria, numa bela tarde de domingo, e uma revoada de pombos entra no recinto e ataca o espeto de picanha na mão do garçom, que tenta em vão se livrar dos animais famintos e acaba acertando um cliente com o espeto.

E se o próximo estágio da evolução dos pombos for o consumo de carne humana. Aí sim o bicho (neste caso o pombo) vai pegar! Não teremos chances contra esses inimigos alados, só teremos chances de vence-los caso haja uma união de todos. Depois de um treinamento com armas de pressão, dessas de chumbinho. Católicos, evangélicos e umbandistas, democratas e republicanos, conservadores e liberais, capixabas, baianos, gaúchos e afins. Todos se unirão para dar um fim desses ratos de asas.

Mas depois que o último pombo assassino comedor de carne tombar inerte sem chances de bicar os olhos das pessoas, uma nova dúvida que irá assolar a humanidade. Qual deverá ser o novo símbolo da paz? Sim, porque aquela pomba branca vai tomar chumbo também.

Fim

Um comentário:

Estê disse...

Adorei, Kibe! Eu odeio pombos! O final foi ótimo! [eu não disse que passava por aqui de vez em qdo?]