quinta-feira, 9 de agosto de 2007

Ex-torcedor

Se tem algo que não merece comentários no dia de hoje, esse algo é o Flamengo. Aquele timinho ridículo, com seus jogadores medíocres e caras-de-pau. A maior torcida do mundo, o mais querido do Brasil, o único penta campeão do Brasileiro e eles me perdem para aquela coleção de volantes chamado Atlético, vulgo Paranaense. É algo inacreditável – e 2 a 0 ainda por cima.
Este último, o tal "Paranaense", é outro que precisa ser ignorado pela opinião pública. Clube de primeiro mundo? O escambau! Nenhum time da Europa precisa acusar os torcedores visitantes de mentirosos para lucrar 20 reais a mais. Muito menos colocar um poste de dois metros de diâmetro entre a arquibancada e o campo só para atordoar os inimigos. Isso é tortura mental.
Chega! Estou de greve! Greve contra o tal Paranaense e, acreditem, contra o meu – até segunda ordem – ex-time. Não irei mais aos jogos da Kyocera Arena até que retirem aquele poste. Não acompanharei mais o Flamengo até que ele vença três jogos seguidos. Minhas campanhas têm até nome: "Fora (do) Joaquim Américo" e "Menguinho nunca mais".
E tenho dito.

Um comentário:

Alexandre Fernandes disse...

Discordo!
E o Mengão ganhar três seguidas com esse elenco de estrelas...
Não consigo me enganar, poderia até dizer que não assistiria mais os jogos do Fla, mas não consigo.