sexta-feira, 17 de agosto de 2007

Falcão leva namorada a show

Não sei vocês, mas eu necessito de pouquíssimo esforço para me divertir – o que é ótimo, porque adoro me divertir. Basta um tropicão de alguém desconhecido ou uma anedota insossa do Paulo Jalaska para meu corpo inteiro cair na gargalhada. Outro dia aconteceu um fato que eu nem recordo mais, mas na hora foi tão engraçado que eu rio até hoje.
Essa busca incessante por diversão, admito, me faz apelar. Todo dia de manhã, e outras inúmeras vezes durante o dia, visito o portal Terra para acompanhar minhas seções preferidas: Gente & TV e Diversão. E não pense que esta seção "Diversão" do Terra é um portal de piadas ou coisa parecida; é só um portal de fofocas.
Uma prova de que me divirto fácil é o fato de eu achar graça na seção Gente & TV. Seria completamente trágico se eu não achasse cômico. Veja que terrível: o rapaz – baitola, claro – estuda quatro anos de jornalismo (e possivelmente mais uns dois anos de pós-graduação em fotografia de moda) para dar a manchete "Marcelo Falcão corre em praia". Jesus!, onde esse mundo vai parar?
Aí vem aquela discussão de que o cara é famoso, é pessoa pública, é não-sei-o-que. Tudo bem, ele tem que se cuidar, por exemplo, ao falar de coisas polêmicas como aborto ou eutanásia – afinal muitas mentes adolescentes transtornadas pela maconha são altamente influenciadas por Marcelo Falcão, quem, suponho eu, é o vocalista fanho da banda O Rappa –, mas tirar fotos do cara correndo pela praia é demais. Eu já sei quem são todas as garotas que ele pegou na vida, mas não tenho nenhuma vontade de saber como é a sequência de exercícios físicos feitos por ele. Se tem uma coisa que eu não quero imitar são as séries que Falcão faz na academia (ainda se fosse outro Falcão, o da flor, vá lá). Para provar que eu não estou mentindo, segue a "íntegra" da matéria:
"O cantor Marcelo Falcão aproveitou a tarde de sol desta terça-feira para correr na praia do Recreio, Rio. Após os exercícios, o cantor fez alongamentos próximo a um quiosque da praia. Para completar a tarde de malhação sozinho, ele descansou tomando uma água de coco."
Eu não consigo acreditar que alguém se rebaixa a tal ponto de ser capaz de acompanhar a "tarde de malhação" do Falcão – e seja lá que Falcão for!

4 comentários:

Anônimo disse...

Muito bom isso, me divertí bastante também... Um cara que curti um portal de fofocas chamando outro de baitola por tirar fotos de uma pessoa famosa em local público(paparazzo)... Poxa vida, quem curti portal de fofocas meu amigo, é inevitável se deparar com essas coisas...
"muitas mentes adolescentes transtornadas pela maconha são altamente influenciadas por Marcelo Falcão, quem, suponho eu, é o vocalista fanho da banda O Rappa"
Que eu saiba Falcão nunca fez nenhum tipo de apologia as drogas, seu comentário foi muito infeliz e invejoso
Que bom seria se essas mentes jovens fossem influenciadas sómente pela maconha...Seria o fim da Babilônia e aí sim a Paz reinaria

Miguxo disse...

"Sómente..." Essa doeu!

ovatsug23 disse...

O Rappa? Maconha? Primeiramente, o Rappa não faz apologia à maconha. Segundo, em que mundo vc vive amigo? Maconha é água. O que destrói os jovens é o crack. Ah, no seu prédio de playboy só rola cocaína né? Rapaz, leia mas estudos científicos sobre a maconha e leia sobre as bocas de fumo e saberás que o que acaba com os jovens e o que financia o crime é o crack. Apesar disso, não fumo maconha.
Mas as letras do Rappa são de alto cunho social, muito boas. Aí vai uma otário:

" Não se trata de coragem, mas meus olhos estão distantes, me camuflam na paisagem me dando tempo pra cantar "

Vai estudar mais alienado!!

Anônimo disse...

Não faz apologia?
Certeza?
Da uma olhadinha ai:
http://www.youtube.com/watch?v=BgocwTq2424