sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Tipo exportação

Às vezes fico pensando em como é que se dá o processo de construção da imagem do brasileiro pelos estrangeiros, vulgo gringos. O que aparece na TV deles é aquilo que a gente também vê: a guerra do tráfico, a bandidagem no congresso, o futebol em decadência e, por fim, a nossa capital, Buenos Aires.
Para se ter uma idéia de quão horrenda deve ser a imagem que eles têm de nós, basta descobrir quais são as bandas brasileiras que mais têm feito sucesso no exterior: Cansei de Ser Sexy e Bonde do Rolê. Só isso já bastava para pôr um ponto final em qualquer discussão acerca desse assunto.
Mas o que me intrigou de fato e me motivou a discorrer sobre esse assunto tão ultrapassado foi um papo que tive com um amigo há alguns dias. Ele disse que conhece um primo que tem um vizinho cujo sobrinho-neto foi recentemente à Romênia, aquela terra cheia de vampiros. Disse-me, este amigo, que o rapaz voltou de lá falando barbaridades do povo romeno, principalmente abismado com imagem que eles tem sobre nós, os brasileiros.
Em Bucareste, as prostitutas são, em sua total maioridade (se é que isso existe), brasileiras. Conta-me o sobrinho-neto do vizinho do primo do meu amigo que são aquele tipo de meretrizes brasileiras que certamente nenhum nós (os brasileiros) pagaria. São o refugo do Dica's, Vila Romana e cia.
Onde foi parar aquele país dos bundões, do carnaval e das garotas de Ipanema? Deixamos de exportar até uma das nossas melhores matérias-primas... É muita falta de visão. Prostituição é mercado, é demanda. E não deixa de ser, de certa forma, um cartão de visitas do país.
Certamente deve ter leitor indignado com a falta de tato deste que vos escreve para tratar de prostituição. "Ninguém escolhe entrar para esta vida", dirão. Discordo: na minha opinião, ser puta é uma profissão como outra qualquer, com todas as dificuldades e benesses que qualquer emprego tem. E olha que são mais durezas do que molezas, com trocadilho. Elas ainda saem perdendo logo de cara porque ser puta no Brasil (e acho que no mundo inteiro) é crime.
São os mesmos vagabundos que pagam mil reais por hora por uma prostituta de luxo que legislam sobre se o que elas fazem é ou não digno de cadeia.
Mas voltando ao foco, porque raios eu penso que deveríamos exportar meretrículas (isto é, acreditem, o diminutivo de meretriz; segundo o Aurélio quer dizer, agora pasmem, meretriz ainda não adulta) top de linha? Porque no Brasil se faz tudo errado. Não há um puto (ops!) no congresso que se digne de melhorar a imagem do Brasil para quem vê de fora. É só corrupção, assassinato e covardia. E grande parte disso partindo de nossas próprias "autoridades".
Não que eu ligue para o que os gringos pensam. A verdade é que sou um dos poucos que tem aquila visão romântica do "orgulho de ser brasileiro". E vou me orgulhar disso com quem? Com outro brasileiro? Não teria graça. Quero que um francês venha até mim dizer que o país dele tem as melhores uvas, o melhor metrô do mundo, a Torre Eiffel e o ataque com a dupla Henry-Trezeguet. Quero ter orgulho – ou pelo menos argumentos – para defender o meu país.
Lutaram tanto tanto para fazer que o Brasil deixasse de ser o país do bunda-lê-lê que conseguiram. O que somos agora? Nada. NADA. Até fornecedor de puta feia nós viramos. Não me contenta em ser apenas exportador de trigo e soja (que pra ser sincero eu nunca vi na vida). Quero morar no país das mulheres mais lindas, do melhor futebol e da capital mais urbanizada, mesmo que seja ela Buenos Aires.
Onde estão os nossos ufanistas? É o fim da picada.

Um comentário:

Jeniffer disse...

Eu li os outros, mas estava esperando um desses pra comentar!

Eu sei que elogios são futeis e não agregam em nada, mas agora você pode saber que é bom nisso.

Você é muito melhor quando demonstra as suas opiniões dos fatos, da realidade, principalmente pela falta de "papas na lingua" e pela pitada de humor que te identificam.
Eu disse que você devia seguir por ai... (eu, como a dona da razão)

Perfeito!

OBS: Kibe! Lembra do que eu te disse sobre fazer disso uma carreira? Acabei de achar isso nele!

OBS2: Vou ficar um bom tempo sem comentar, depois desse você vai ficar tão metido que nem eu vou te aguentar!