terça-feira, 9 de outubro de 2007

Eu, uma falácia

Como pode alguém, de um dia para o outro, mudar totalmente? Perder o espírito de aventura, as traquinagens da hora do almoço, a vontade, o tesão? Eu mudei, e para pior. E não sei o motivo dessa mudança.
Há pouco mais de dois meses eu precisava de dois ou três dias para terminar de ler um livro. Há pouco mais de dois meses eu acordava com um texto inteiro pronto na cabeça, só esperando para ser digitado. Há pouco mais de dois meses eu pegava no telefone e discava; não ficava olhando para o dial.
Faço as contas: o que mudei no meu comportamento nesse tempo? Nada demais. Nada de errado. Segui os conselhos das revistas: pratique mais exercícios, sorria mais, abraçe seu vizinho, colha jaboticabas direto do pé. E de nada adiantou! Eu mudei - e piorei.
Fico indignado comigo mesmo. Mais indignado ainda por submeter quem lê esse bendito blog a tamanhas agruras. Se eu por ventura me suicidar qualquer dia desses, lembrem-se de apagar meu Orkut. A senha está salva no meu computador.

Um comentário:

Macarios disse...

caraca, boa dica. a coisa mais sinistra eh o cara que morre e deixa o orkut.