sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Inspiração, amor, polêmica, sucesso...

Quando a inspiração parecer que nunca mais virá, escreva sobre amor.

Existem assuntos que são infalíveis. Numa das primeiras aulas de jornalismo, aprende-se que qualquer acontecimento que apresente morte, novidade ou escândalo – entre outros que não lembro ou não são importantes – chamam a atenção e viram notícia. No caso das crônicas, é o amor que nunca nos deixa na mão.

Vale ser piegas e dizer que o amor é uma flor de cor vibrante e cheiro intenso, que brota em meio a um mar de espinhos, curando todas as feridas e devolvendo a saúde de um coração sofrido; ou ser sonhador e dizer que na vida existe apenas um amor, esperando sabe-se lá onde, com tudo o que é importante saber e sentir guardado carinhosamente num cesto de vime, simplesmente esperando o sublime encontro com a alma gêmea; ou então ser que nem eu e dizer que o amor, oras bolas, não existe.

Pã, pã, pã, pã. (Criou-se o momento do clímax)

O amor não existe, o amor não existe, o amor não existe. Sim, estou debochando da sua cara, como uma criança que provoca o rival da rua de baixo. O amor não existe, o amor não existe. Mas, calma! Como diria Murphy numa de suas tantas leis, "nem tudo está tão ruim que não possa piorar": assim como não existe amor, não existe Deus.

(Tomara que agora, com a polêmica criada, este blog finalmente alcance o sucesso merecido e esperado)

5 comentários:

Jéssica disse...

mas pq bozo?

Maycon Dimas disse...

Pô, Jéssica anônima... Eu quero o sucesso, eu PRECISO do sucesso. Quando ele vier, juro que deixo subir à minha cabeça. Juro que vou esquecer minhas origens e deixar de lado meus amigos.
O sucesso vai acabar comigo de um jeito glorioso.

Veronica Medeiros disse...

Dimasssss...
curto tooodos os seus textos, piá..
vou te ajudar a ter sucesso pra vc esquecer de todos os seus amigos e suas origens!
hahahahaha
beijo

Guylherme Custódio disse...

Seu subversivo!
Seu Herege!
Seu ¨$&*!%$!¨$!¨%!¨$*!¨$!¨@!#$%¨&*@#$%¨&*

Jeniffer disse...

Pelo visto realmente alcançou o sucesso, nunca vi tantos recados para um texto!

Duvido de você.

Duvido, duvido, duvido! É isso ai, estou debochando da sua cara!